Dr Paulino Souza Neto Vascular Surgery, Endovascular Surgery

Tratamento Cirúrgico » Arterio-venosos » Embolização de Malformações Vasculares

Este procedimento está indicado nos pacientes portadores de MAV
que necessitem de tratamento para sua redução.
As MAV são tumores vasculares benignos, mas por comprimir outras estruturas, por roubar fluxo de tecido normais, por suas dimensões ou pelo impacto social que causa quando em regiões expostas, tem se tratamento indicado. Muito importante nestes casos é não ocluir a artéria nutrícia e sim seus ramos.
Este se deve ao fato de que esta condição vascular não tem uma cura maior prevista, mas sim seu controle.
Desta forma a embolização recorrente se faz necessária e preservar a via de acesso é um princípio pétreo.
Para realizá-lo, navega-se até os vasos nutrícios por meio de cateterismo arterial superseletivo.
Uma vez nesta topografia injetamos partículas, polímeros ou molas a depender dos achados angiográficos estratégia definida.
Após a embolização, o fluxo para a MAV diminui ou cessa, mas novos caminhos podem se formar com o tempo. Assim, embolizações recorrentes serão necessárias para o controle da MAV.
A correta indicação deste procedimento é de fundamental importância para o sucesso do tratamento, assi como as melhores estratégias e técnicas de acordo com cada caso.

Todos os direitos reservados ®