Dr Paulino Souza Neto Vascular Surgery, Endovascular Surgery

Orientações » Pré-operatório

Enfim é chegada a hora de sua cirurgia. 
Sei que neste momento há uma grande ansiedade pelo que está por vir. Nossos medos e inseguranças veem à tona. POIS FIQUE TRANQUILO!!!
Quando definimos que o paciente necessita tratamento cirúrgico, inicia-se um grande processo.
Inicialmente as imagens de seus exames são avaliadas e uma estratégia é definida, assim como fazemos um planejamento de materiais necessários para uma estratégia principal e 2 ou 3 alternativas.
Com os recursos de reconstrução em 3D, o interior do corpo do paciente pode ser estudado e medido em detalhes. Assim sua cirurgia é realizada previamente em ambiente virtual baseada em seus próprios exames.
Com estes dados o auditor de seu convênio faz uma análise técnica e autoriza sua cirurgia.
Com data e hora marcadas temos que nos ater aos últimos detalhes!
O primeiro passo é o jejum, que se inicia 12h antes da hora programada da cirurgia. Este jejum é par líquidos e sólidos, inclusive água. Se fizer uso de algum medicamento, conversaremos na véspera po telefone para informar quais são indispensáveis e quais não o são.
Se for necessário tomar seu medicamento no período de jejum, este deve ser feito com uma xícara d cafezinho contendo água. 
Você deverá chegar ao Hospital com o mínimo de 2 horas de antecedência e dirigir-se ao setor d internação, munido dos documentos que foram encaminhados por e-mail na véspera.
Na primeira hora serão realizados os trâmites administrativos e após seguirá para o seu quarto, mesmo que provisório. Neste quarto, a equipe de enfermagem irá lhe preparar para o ato cirúrgico.
Nesta segunda hora, junto com a preparação de enfermagem, o médico anestesista, responsável por seus cuidados durante a cirurgia, irá fazer uma consulta. Nesta visita pré-anestésica é de grande importância informar ao anestesista sobre alergias, doenças, medicamentos de uso contínuo e utilizados nas últimas 48 horas. Ele terá as informações prévias sobre seu tratamento, mas o sucesso de qualquer tratamento está na atenção aos detalhes.
Com a aprovação do anestesista, o paciente é encaminhado para o centro cirúrgico e invariavelmente os cronômetros dos acompanhantes disparam. Longe das vistas do acompanhante, o paciente encaminhado, normalmente sedado, para a unidade pré-operatória no centro cirúrgico.
Somente será encaminhado para a sala cirúrgica após a conferência detalhada dos equipamentos materiais necessários ao tratamento. Após este check-list ser finalizado, o paciente segue para a sal cirúrgica, onde recebe a monitorização necessária e se inicia o ato anestésico.
Todo este processo pode demorar por volta de 1 hora, após o que a cirurgia se inicia.
Finda a cirurgia, o paciente ainda está sob anestesia que é revertida passo a passo.
Ao atingir certo nível de consciência que nos dê segurança, o paciente é encaminhado para a sala d recuperação anestésica, onde é mantido sob observação pelas próximas duas horas.
Assim, aquela cirurgia que seu médico disse durar 1 hora, deverá tomar as próximas 4 horas.
O celular está sempre ligado e em posse do anestesista para dar informações aos familiares. Ao inicio e ao término do ato cirúrgico, ligo para os acompanhantes para dar maiores informações.
Após a recuperação anestésica, o paciente é encaminhado para o leito adequado ao porte da cirurgia e da patologia tratada.
Com o paciente devidamente recuperado, é hora de ir para casa!
Cada hospital tem sua organização interna e, para mais informações, visite o site de seu hospital..

Boa cirurgia!
Todos os direitos reservados ®