Dr Paulino Souza Neto Vascular Surgery, Endovascular Surgery

Tratamento Clínico

Quanto o tratamento está na mudança de hábitos

 

Gordo ou Magro?

O tecido gorduroso de nosso corpo não tem apenas a função de acumular calorias! O que muitos ignoram é que este contribui ativamente para a regulação hormonal e de fontes de energia do organismo. Mulheres com baixo teor de gordura corporal nem menstruam, mostrando a importância endocrinológica deste tecido. Quando ingerimos calorias acima de nossa necessidade diária, nosso tecido gorduroso captura moléculas de glicose e converte em gordura. Quanto maior o nosso estoque de gordura, menor esta capacidade de capturar o açúcar do sangue. Esta é uma das formas de Diabetes tipo II. Manter este reservatório nos níveis adequados para cada pessoa é fundamental na prevenção de doenças!

Quanto ao colesterol, este é a fonte de energia do coração. Não podemos viver sem ele... Atletas que no seu esforço profissional diminuem muito a taxa de gordura corporal, aumentam o risco de morte súbita durante o exercício por "falta de combustível" para o coração.

Assim, o equilíbrio é a melhor resposta!

 

Comer, Beber, Falar, Fumar...

Alguns hábitos da vida moderna são verdadeiras armadilhas. Nossa espécie evoluiu como onívora, caçando e coletando da natureza. Esta atividade exige esforço físico. O bom caçador tinha um bom condicionamento físico para se alimentar. Hoje vamos de carro ao mercado e temos acesso a mais comida que um caçador conseguiria em uma semana de bons resultados, e ainda sem muito esforço.

Para manter o condicionamento do "Caçador", precisamos praticar exercícios. Ir à academia é uma forma, mas atividades diárias são mais eficazes. Fatos simples como cuidar da casa, lavar o carro, descer um ponto antes ou sair do taxi uma quadra antes.

Estas são atitudes que podem melhorar muito sua condição cardiovascular de maneira expontânea, e ainda dando um tempo para aliviar o estresse diário.

O consumo de bebidas alcoólicas é um tabu da medicina. De um lado, os abstêmios têm maior risco cardiovascular. Do outro lado, os alcoólicos têm maior índice de morte na violência urbana, maior risco de câncer, desnutrição e doenças do pâncreas e fígado. Neste quesito a literatura recomenda moderação!

O tabagismo têm diminuido enquanto hábito, mas está muito longe de se encerrar. O tabaco causa tantas doenças que, apesar do seu alto tributo embutido no produto, este valor é insuficiente para pagar o custo gerado pelo seu impacto na saúde da população. O cigarro é o maior ansiolítico do século passado, permitindo ao seu usuário relaxar. Devido à nicotina, acelera o pensamento, sendo assim o preferido dos filósofos modernos. O nosso anseio por fumar não pode ser contido, mas pode ser convertido.

É comum ouvir que as pessoas engordam ao parar de fumar. Em verdade substituem o tabaco por comida, normalmente o doce. Assim, prazeres orais como beijar, falar e mesmo comer alimentos de baixa caloria, são os maiores aliados para interromper o hábito. Há medicamentos que podem apoiar esta decisão, aliviando sintomas de abstinência.

Pequenas mudanças na sua vida podem lhe garantir um futuro saudável e longevo.

Viva feliz!